terça-feira, agosto 03, 2010

Doidas e Santas




 Martha Medeiros


"Toda mulher é doida. Impossível não ser. A gente nasce com um dispositivo interno que nos informa desde cedo que, sem amor, a vida não vale a pena ser vivida,e dá-lhe usar nosso poder de sedução para encontrar 'the big one', aquele que será inteligente, másculo, se importará com nossos sentimentos e não nos deixará na mão jamais... Uma tarefa que dá para ocupar uma vida, não é mesmo?
Eu só conheço mulher louca. Pense em qualquer uma que você conhece e me diga se ela não tem ao menos três dessas qualificações: exagerada, dramática, verborrágica,
maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante. Pois então. Também é louca. E fascinante.
Nossa insanidade tem nome: chama-se Vontade de Viver até a Ultima Gota. Só as cansadas é que se recusam a levantar da cadeira para ver quem está chamando lá fora.
E santa, fica combinado, não existe. Uma mulher que só reze, que tenha desistido dos prazeres da inquietude, que não deseje mais nada? Você vai concordar comigo:
só sendo louca de pedra.

Trecho da crônica. "Doidas e Santas"

4 comentários:

Palavras de Menina disse...

olá Paty
venho te oferecr o selinho meu seguidor
que estar na salinha presente oferecido
com muito carinho te desejo uma linda noite bjs

Palavras de Menina disse...

olá Paty
venho te oferecer o selinho meu seguidor
que estar na salinha presente oferecido
com muito carinho te desejo uma linda noite bjs

Palavras de Menina disse...

olá Paty
venho te oferecer o selinho meu seguidor
que estar na salinha presente oferecido
com muito carinho te desejo uma linda noite bjs

Palavras de Menina disse...

oi querida que bom que gostou do selinho.ai só tem eu aqui kkkkkkkkk
erroooooo
vixe
bjão linda noite

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...