segunda-feira, março 30, 2009

Photobucket

Boa Noite gente,
Um texto da letícia Thompson pra vcs!!

Quem nunca atravessou uma noite escura? Quem nunca duvidou e teve medo de prosseguir? Quem nunca chorou e acabou adormecendo? Quem nunca teve um momento que achou que era o mais lindo de toda a sua vida? E quem nunca pensou em desistir e prosseguiu assim mesmo, se arrastando e chegando até o dia seguinte? Os caminhos são tão parecidos a todos nós! As dores podem ser tanto iguais quanto as alegrias intensas. Mas, claro, cada um sabe, por si, o efeito que cada coisa produz no seu âmago.
E das coisas mais comuns ao esquecimento está aquele da existência dos outros quando o mundo

parece desmoronar na nossa cabeça e destruir todo o nosso eu, construído tão amorosamente pelo Pai e lapidado com as dificuldades da vida. São nessas horas que todas as flores murcham, o sol deixa de aquecer e as noites parecem tão intermináveis quanto as voltas que o relógio dá. Mas tudo isso é apenas uma idéia!
As bênçãos que recebemos não deixam de existir quando o sol desaparece, somos nós que nos cegamos. Mesmo quando o céu está encoberto e carregado, pesado e escuro, um vôo acima das nuvens nos mostra que o azul continua lá, sereno e pronto para reaparecer. As bênçãos que recebemos nunca se apagam e as carregaremos em nós para toda a vida. E nas nossas contabilidades não nos esqueçamos de contá-las, não somente para que continuem presentes, mas para que estejam prontas para acolher todas as outras que estão destinadas a nós.

Letícia Thompson

quinta-feira, março 26, 2009



Oi gente...
Sou destaque no site da Sel!!!
Passa lá vcs vão adorar...
Ela é demais!!!
Bjo Sel...
Bjo genteeeee...

quarta-feira, março 25, 2009



Amo Você


Quero mostrar meus sentimentos
Dizer até o que não devo...
Que sou feliz, muito feliz
Quando me inspiro em você
Presente nestas linhas, sua fisionomia
Se torna uma única imagem
Em que meu pensamento
Consegue se fixar.
Sinto saudades
Quero lhe ver pessoalmente
Necessito ouvir sua voz
Segurar sua mão
Não lhe quero só de recordação...
Quero lhe tocar
Ao seu ouvido sussurrar:
Amo você...

(
Sila Maria Oliveira de Souza)

sábado, março 21, 2009




MINHA VIDA PARA VIVER NOVAMENTE

(Erma Bombeck)



Eu teria falado menos e ouvido mais.

Eu teria convidado amigos para o

jantar mesmo que o carpete estivesse sujo e o sofá desbotado.



Eu teria comido pipoca na sala de estar e me preocupado menos

com a sujeira quando alguém pensasse em acender a lareira.



Eu teria tirado um tempo para ouvir meu

avô contar-me sobre sua juventude.



Eu jamais insistiria para que as janelas do carro ficassem

levantadas no verão, por causa do meu cabelo,

que havia acabado de ser arrumado.



Eu teria acendido a vela cor-de-rosa, em forma de rosa, antes

dela se desmanchar.



Eu teria me sentado no chão com meus filhos,

sem me preocupar em me sujar.



Eu teria chorado menos assistindo televisão

e mais vivendo a minha vida.



Eu teria ido para cama quando estivesse doente, ao invés de

agir como se o mundo fosse acabar, caso eu não saísse aquele dia.



Ao invés de ficar desejando durante os nove meses de

gravidez, eu aproveitaria cada momento, pensando como a sementinha que se

desenvolvia dentro de mim, era um milagre de Deus.



Quando os meus filhos me beijassem compulsivamente, eu jamais

diria,"Mais tarde. Agora vamos lavar as mãos para jantar".



Haveria mais "Te amo"... mais "Me desculpe".

....mas principalmente, tendo uma segunda chance de vida,

eu iria juntar cada minuto...





olhar e realmente vê-lo...vivê-lo...e nunca disperdiçá-lo.


Bjos p'cês

sexta-feira, março 20, 2009

Estreiando...

Estreiando com O Layout da Minha Design Favorita e Maravilhosa
Selena Rumiel
Obrigada Selena eu amei o Template...Ficou lindo!!!
Bjos MIl pra vc.

E Parabenizando à todos pelo dia do Blogueiro.
Com presentinho da Eneida Lovely
Bjos procês.










A Luz


Muitos de nós encontraremos o caminho.

Outros, no entanto, enveredarão para o frio vale das sombras,

e se perderão entre os espinhos: do odio, da ignorância e da hipocrisia.

E quanto mais adrentrarem no túnel das trevas,

mais miseráveis se tornarão.

Há júbilo para os primeiros,

que souberam servir seu próximo, sem se importarem com a ingratidão.

Só a glória do prazer legado, os envaidecem, ao estenderem as mãos,

e abraçarem fortemente o ser amado. Muito em breve,

seremos apenas números; um monte de ossos em uma cova rasa,

cuja carne que julgávamos bela, apodrecerá, e será consumida pela própia matéria.

O que fora ornado outrora, insípido será o perfume exalado agora...

Bebamos o vinho da vida e da felicidade,

enquanto há tempo de nos embriagarmos de amor.

Assim a Luz se estenderá da estrela até o âmago, guiando nos,

direcionando o caminho.

Basta de tamta representação mesquinha.

A falsidade só é idolatrada pelos idiotas,

que julgam os outros por si mesmo; por isso,

vivem no anonimato da existência.

Libertai sua vontade, solte as amaras!

Os grilhões que te prende a estupidez!

O amor não tem forma, ama se apenas.

O caminho somos nós mesmo,

em busca da Luz Maior.



(Djalma Chaves)

quinta-feira, março 19, 2009






TUA
Desponta majestade, alaranjada,
quase redonda, ovalada.
Seu brilho reflete em camadas,
formando caminhos sobre a água.

Lá no horizonte nevoento,
a noite começa a caminhar.
Ouço o sussurro do vento,
que faz de vovê lembrar.

A saudade é quem chega primeiro,
bem antes que eu possa imaginar.
Que tendo o luar por inteiro,
há um abismo a nos separar.

Já não importa a lua,
que entre as estrelas vagueia.
E como Deusa, se insinua,
ser mais bela no período cheia.

Na sombra da luz da lua,
covardemente me escondo.
Pra não gritar__Eu sou tua!
Jamais terei outro dono...

(Djalma Chaves - Tio)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...